Nos acompanhe através das redes socias

Boletim Informativo

Para manter-se atualizado, cadastre seu e-mail e receba os nossos informativos periódicos!

24 de Setembro de 2019

TJ/PE - TJPE promove casamentos coletivos na Capital e no Interior do estado

Fonte: TJ/PE

Nesta quarta-feira (25/9), uma cerimônia de casamento coletivo, promovida pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) em parceria com o Tacaruna Social, oficializa a união de 59 casais dos bairros de Santo Amaro, no Recife. O evento acontece às 17h no Rooftop do Shopping Tacaruna. 

A solenidade será presidida pela titular da 5ª Vara de Família e Registro Civil da Capital, juíza Wilka Vilela, e os noivos sairão da cerimônia com a certidão de casamento expedida de forma gratuita. Os casamentos coletivos do TJPE são organizados pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec/TJPE).

O Shopping Tacaruna ornamentará o espaço, disponibilizará os buquês e o cerimonialista e festa. Parceiros contribuirão com duas torres de bolos, doces finos, garçons, vestidos, penteado e maquiagem das noivas, corte de cabelo dos noivos e fotógrafo.  A Banda da Polícia Militar de Pernambuco ficará responsável pelo som da cerimônia e da festa.

Interior – Para 53 casais do município de Afogados da Ingazeira, no Sertão do estado, o dia de oficializar a união é nesta segunda-feira (23/9). A cerimônia de casamento acontece às 17h, no Hotel Brotas, localizado na Rua Severino Nogueira, bairro Brotas. O II Casamento Coletivo de Afogados da Ingazeira é organizado pelo Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) instalado na comarca, em parceria com a Prefeitura Municipal e o Cartório de Registro Civil.

Inscrições abertas

Além dos casamentos desta semana, o TJPE está com inscrições abertas para casamentos coletivos em seis localidades do Estado. Moradores dos bairros do Coque e do Bongi, no Recife; da Ilha de Fernando de Noronha; e dos municípios de Goiana, na Região Metropolitana; além de Salgueiro e Petrolina, no Sertão do Estado, poderão oficializar a união gratuitamente, em cerimônias promovidas pelo Nupemec/TJPE. 

Os interessados em participar devem apresentar cópias de identidade, CPF, certidão de nascimento original e os mesmos documentos de duas testemunhas. Os divorciados precisam apresentar também o documento original do registro do divórcio, e as cópias da sentença do divórcio. 

Do local da inscrição, os casais sairão com o encaminhamento para o cartório, onde deverão comparecer com os mesmos documentos no dia marcado acompanhados das testemunhas. Para se inscrever é necessário que pelo menos um dos noivos apresente comprovante de residência confirmando que é morador da respectiva localidade.

Confira datas e locais de inscrição:

Casamento coletivo na Casa de Justiça e Cidadania do Bongi
Inscrições: Até 11/10, das 9h às 15h
Local da inscrição: Casa de Justiça e Cidadania, localizada na Rua Acajutiba, 43, bairro do Bongi, no Recife
Documentos necessários: RG, CPF, comprovante de residência e certidão de nascimento ou divórcio. Mesmos documentos de duas testemunhas, originais e cópias.
Data da cerimônia: 03 de dezembro de 2019
Local da cerimônia: Auditório do Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, Ilha Joana Bezerra, no Recife

Casamento coletivo na Casa de Justiça e Cidadania do Coque
Inscrições: Até 31/10, de segunda a quinta-feira, das 12h às 15h
Local da inscrição: Casa de Justiça e Cidadania, localizada na Rua Cabo Eutrópio, 178, Ilha Joana Bezerra, no Recife
Documentos necessários: RG, CPF, comprovante de residência e certidão de nascimento ou divórcio. Mesmos documentos de duas testemunhas, originais e cópias.
Data da cerimônia: 02 de dezembro de 2019
Local da cerimônia: Auditório do Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, Ilha Joana Bezerra, no Recife

Casamento coletivo na Casa de Justiça e Cidadania de Fernando de Noronha
Inscrições: Até 21/10, das 8h30 às 12h e das 14h às 17h
Local da inscrição: Casa de Justiça e Cidadania, localizada na Vila dos Remédios, em frente aos Correios
Documentos necessários: RG, CPF, comprovante de residência e certidão de nascimento ou divórcio. Mesmos documentos de duas testemunhas, originais e cópias.
Data da cerimônia: 08 de novembro de 2019
Local da cerimônia: a confirmar

Casamento coletivo no Cejusc de Petrolina
Inscrições: Até 01/10, das 7h às 13h
Local da inscrição: Rua São Francisco, 549, Atrás da Banca, Petrolina
Documentos necessários: RG, CPF, comprovante de residência e certidão de nascimento ou divórcio. Mesmos documentos de duas testemunhas, originais e cópias.
Data da cerimônia: 30 de outubro de 2019
Local da cerimônia: Auditório do Fórum Doutor Manoel Souza Filho, Praça Santos Dumont, Centro

Casamento coletivo no Cejusc de Salgueiro 
Inscrições: Até 10/10, das 8h às 14h
Local da inscrição: Cartório de Registro Civil de Salgueiro, Cartórios de Registro Civil de Vasques e Cartório de Registro Civil Conceição das Creoulas
Documentos necessários: RG, CPF, comprovante de residência e certidão de nascimento ou divórcio. Mesmos documentos de duas testemunhas, originais e cópias.
Data da cerimônia: 05 de novembro de 2019
Local da cerimônia: Clube ASC de Salgueiro. Rua Otávio Leitinho, 180, bairro Santo Antônio 

Casamento coletivo no Cejusc de Goiana
Inscrições: Até 10/10, das 8h às 12h e das 14h às 17h
Local da inscrição: Cartórios de Registro Civil de Goiana e Tejucupapo
Documentos necessários: RG, CPF, comprovante de residência e certidão de nascimento ou divórcio. Mesmos documentos de duas testemunhas, originais e cópias.
Data da cerimônia: 05 de novembro de 2019
Local da cerimônia: Salão do Júri do Fórum de Goiana, localizado na Rua Projetada, Loteamento Boa Vista 

Casas de Justiça – Prevista no artigo 15 da Resolução LC 353/2017 do Tribunal, a Casa de Justiça e Cidadania (CIJ) é uma unidade multifuncional que visa a promover ações voltadas à efetiva participação do cidadão e da comunidade na solução de problemas, além de aproximar o Poder Judiciário da sociedade. O Núcleo de Apoio e Desenvolvimento das Casas da Justiça e Cidadania é vinculado ao Nupemec/TJPE. 

Cejuscs – São unidades auxiliares do Poder Judiciário de Pernambuco que possuem a finalidade de promover a solução dos conflitos por meios e técnicas consensuais, a exemplo do que ocorre nas Câmaras de Conciliação e Mediação. Para atendimento no local, não é obrigatório o acompanhamento de advogado para fazer um pedido de conciliação.


Fonte: TJ/PE

Confira Também